Ads 468x60px

Posts em Destaque

Entrada da Cidade

Foto Aérea

Vegetação do Município

Serras

Banda Filarmônica

14/07/2013

MINHA CASA MELHOR ULTRAPASSA 100 MIL CONTRATOS EM UM MÊS

Os beneficiários do Programa MINHA CASA MINHA VIDA - MCMV podem contratar a linha de crédito Minha Casa Melhor a partir da entrega das chaves. Estão habilitadas a participar todas as famílias adimplentes no programa. O limite de financiamento é de R$ 5 mil e as prestações são pagas em até 48 meses. O crédito fica disponível por até 12 meses. A taxa de juros única é de 5% ao ano, e as prestações podem ser pagas por boleto bancário ou débito em conta.
As famílias das unidades já entregues pelo MCMV podem fazer a contratação pelo telefone 0800-726-8068 ou nas agências da CAIXA. Em até dez dias úteis, o cliente recebe um cartão de compras em sua residência para ser utilizado nas lojas credenciadas pela CAIXA em todo o país. A utilização do cartão de compras Minha Casa Melhor também dá direito a 5% de desconto nas compras, a ser concedido pelos lojistas. As informações sobre os produtos e a relação de lojas credenciadas estão disponíveis no site www.minhacasamelhor.com.br.
Coordenação Estadual do Cadastro Único

13/07/2013

V CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SERÁ REALIZADA DIA 24

A Prefeitura de São Tomé por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), realizará no dia 24 de julho, a partir das 07h00min, no Centro de Convivência de Idosos “Gerôncio Guilherme da Silva”, na Rua Belchior Lopes de Medeiros, a V Conferência Municipal de Assistência Social.
O tema geral do evento será "A Gestão e o Financiamento na efetivação do SUAS", cujo objetivo principal é avaliar e propor diretrizes para a implementação da Política de Assistência Social no município, estado e país.
No decorrer do encontro, a plenária debaterá seis eixos temático, sendo eles: o cofinanciamento obrigatório da assistência social; Gestão do suas: vigilância socioassistencial, processos de planejamento, monitoramento e avaliação; Gestão do trabalho; Gestão dos serviços, programas e projetos; Gestão dos benefícios no suas, e regionalização.
Poderão participar da conferência: representantes governamentais; representantes entidades ou organizações de assistência social; trabalhadores do SUAS; usuários e organizações de usuários; convidados(as); pessoas interessadas nas questões afetas à Política de Assistência Social; representantes das Universidades, Poder Legislativo Federal, Estadual e Municipal, Judiciário, Ministério Público, Conselhos de Políticas Públicas e de Direitos.
A solenidade será presidida pela presidente do CMAS, senhora Josefa Luiza da Silva e terá como presidente de honra Prefeito Municipal, Gutemberg Pereira da Rocha. Durante o encontro será avaliada a atual situação da Assistência Social e procedida a escolha de delegados para participar da Conferência Estadual de Assistência Social, que se realizará de 16 a 18 de outubro do corrente ano, em Natal.
Montagem criada Bloggif
O prefeito de São Tomé, Gutemberg Pereira, enfatiza que a assistência social está sendo uma das prioridades da atual administração. “Estamos finalizando a construção de inúmeras casas populares, capacitamos jovens através de cursos de: avicultura, apicultura, telefonista, confecções de bolos artísticos, cuidador de idosos, manutenção de micro, embalagens decorativas, eletricista residencial, culinária, cartonagem, reorganizamos o conselho do idoso e da assistência social, em parceria com a SETHAS e MDS conseguimos 50 cisternas de placas, fomos contemplados com um kit (carro, computadores, impressoras e refrigeradora) para o conselho tutelar, aumentamos o número de beneficiários no PETI, PROJOVEM e Bolsa Estiagem, distribuímos peixes para mais de 1750 famílias, festival de prêmio para as mães, reativação do grupo de idosos, recebemos um ônibus do governo do estado, dentre outras ações. Em parceria com o governo federal, estadual e nossos parlamentares vamos melhorar a vida do povo são-tomeense, isso é apenas o começo, o reinicio do Projeto Sopão e a reabertura da Casa de Apoio, brevemente acontecerá”, disse o gestor.
Montagem criada Bloggif

12/07/2013

RN RECEBERÁ R$ 53 MILHÕES PARA CONSTRUÇÃO/REFORMA DE UNIDADES DE SAÚDE

O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou nesta semana que serão investidos R$ 4,9 bilhões para construção, reforma e ampliação de 17,8 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS) em todo Brasil. Para receber o investimento, 8.470 unidades já foram selecionadas. Dessas, 128 são do Rio Grande do Norte, distribuídas em 84 municípios.
De acordo com o Ministério da Saúde, o investimento total previsto para o estado é de R$ 53.411.000,00. Das 128 unidades, uma receberá o maior investimento, a que será construída tem a previsão de receber mais recursos: R$ 659 mil, ao todo. Outras sete unidades serão construídas ou reformadas no valor de R$ 512 mil, enquanto a maioria receberá R$ 408 mil para as obras. O município que receberá mais UBS é Extremoz, que terá seis unidades e um investimento que chega a R$ 2.448.000,00.
Natal foi um dos municípios que ficou de fora da lista e não receberá o recurso. O Município, no entanto, já está pleiteando há duas semanas o repasse de R$3 milhões para a reforma de 15  Unidades Básicas de Saúde que, segundo o Executivo, ameaçam fechar.
A liberação dos recursos vai depender dos projetos das unidades. O Ministério da Saúde, contudo, não confirmou quando o dinheiro começará a ser encaminhado para as obras nos municípios. Além dos R$ 53 milhões para as UBS, também está prevista a liberação de mais R$ 10 milhões para reformas de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) no estado. Assim como no caso das UBS, ainda não há a confirmação sobre a data em que o dinheiro será repassado.
Confira a lista Abaixo segue a relação dos municípios do RN contemplados:
1)        AFONSO BEZERRA                  (02 unidades)                     R$ 816.000,00
2)        ÁGUA NOVA                          (01 unidade)                       R$ 408.000,00
3)        ALEXANDRIA                         (01 unidade)                       R$ 408.000,00
4)        ANTÔNIO MARTINS                (01 unidade)                       R$ 408.000,00
5)        AREIA BRANCA                      (01 unidade)                       R$ 408.000,00
6)        BAÍA FORMOSA                      (01 unidade)                       R$ 408.000,00
7)        BARAÚNA                              (02 unidades)                     R$ 816.000,00
8)        BARCELONA                           (01 unidade)                      R$ 408.000,00
9)        BENTO FERNANDES                (04 unidades)                     R$ 1.632.000,00
10)      C A N G U A R E TA M A          (02 unidades)                     R$ 816.000,00
11)      CARNAÚBA DOS DANTAS         (01 unidade)                       R$ 408.000,00
12)      CERRO CORÁ                          (01 unidade)                       R$ 408.000,00
13)      CURRAIS NOVOS                      (02 unidades)                     R$ 816.000,00
14)      E N C A N TO                          (01 unidade)                      R$ 408.000,00
15)      EQUADOR                               (01 unidade)                      R$ 408.000,00
16)      EXTREMOZ                              (06 unidades)                     R$ 2.448.000,00
17)      FELIPE GUERRA                        (02 unidades)                     R$ 816.000,00
18)      GOIANINHA                             (01 unidade)                       R$ 408.000,00
19)      GUAMARÉ                                (02 unidades)                     R$ 920.000,00
20)      I PA N G U A Ç U                       (01 unidade)                       R$ 408.000,00
21)      IPUEIRA                                    (01 unidade)                       R$ 408.000,00
22)      I TA J Á                                     (01 unidade)                       R$ 408.000,00
23)      JAÇANà                                    (01 unidade)                       R$ 659.000,00
24)      JANDUÍS                                     (01 unidade)                       R$ 408.000,00
25)      JANUÁRIO CICCO                         (02 unidades)                      R$ 816.000,00
26)      JARDIM DE ANGICOS                    (02 unidades)                     R$ 816.000,00
27)      JOSÉ DA PENHA                           (01 unidade)                       R$ 408.000,00
28)      JUCURUTU                                   (02 unidades)                     R$ 816.000,00
29)      JUNDIÁ                                        (01 unidade)                       R$ 408.000,00
30)      LAGOA D'ANTA                            (01 unidade)                       R$ 408.000,00
31)      LAGOA DE VELHOS                        (01 unidade)                       R$ 408.000,00
32)      LAJES PINTADAS                            (02 unidades)                     R$ 816.000,00
33)      MACAU                                         (01 unidade)                       R$ 408.000,00
34)      MAJOR SALES                                 (01 unidade)                       R$ 408.000,00
35)      MAXARANGUAPE                            (01 unidade)                       R$ 408.000,00
36)      M O N TA N H A S                           (01 unidade)                       R$ 408.000,00
37)      MONTE ALEGRE                              (02 unidades)                     R$ 816.000,00
38)      NÍSIA FLORESTA                               (01 unidade)                       R$ 408.000,00
39)      OLHO-D'ÁGUA DO BORGES               (01 unidade)                       R$ 408.000,00
40)      OURO BRANCO                                 (01 unidade)                       R$ 408.000,00
41)      PA R A N Á                                        (01 unidade)                       R$ 408.000,00
42)      PA R A Z I N H O                                (01 unidade)                       R$ 512.000,00
43)      PA R E L H A S                                   (03 unidade)                        R$ 1.224.000,00
44)      PASSA E FICA                                     (01 unidade)                       R$ 408.000,00
45)      PA S S A G E M                                   (01 unidade)                      R$ 408.000,00
46)      PAT U                                                (01 unidade)                      R$  408.000,00
47)      PAU DOS FERROS                                (03 unidade3)                    R$ 1.224.000,00
48)      PEDRA GRANDE                                  (02 unidades)                     R$ 816.000,00
49)      PEDRA PRETA                                     (01 unidade)                      R$ 408.000,00
50)      PEDRO AVELINO                                  (01 unidade)                       R$408.000,00
51)      PILÕES                                                (01 unidade)                       R$ 512.000,00
52)      PORTO DO MANGUE                            (01 unidade)                      R$408.000,00
53)      PRESIDENTE JUSCELINO                      (01 unidade)                       R$ 408.000,00
54)      PUREZA                                               (01 unidade)                       R$ 408.000,00
55)      RAFAEL FERNANDES                              (01 unidade)                       R$ 408.000,00
56)      RAFAEL GODEIRO                                  (01 unidade)                       R$ 408.000,00
57)      RIACHUELO                                           (02 unidades)                     R$ 816.000,00
58)      RIO DO FOGO                                        (03 unidades)                     R$ 1.224.000,00
59)      RODOLFO FERNANDES                            (01 unidade)                       R$ 408.000,00
60)      RUY BARBOSA                                        (01 unidade)                      R$ 408.000,00
61)      SANTA CRUZ                                           (01 unidade)                       R$ 408.000,00
62)      SANTA MARIA                                          (02 unidades)                     R$ 816.000,00
63)      SANTANA DO MATOS                           (02 unidades)                     R$ 1.024.000,00
64)      SANTO ANTÔNIO                                   (03 unidade3)                    R$ 1.224.000,00
65)      SÃO BENTO DO NORTE                          (01 unidade)                       R$ 408.000,00
66)      SÃO BENTO DO TRAIRÍ                           (01 unidade)                       R$ 512.000,00
67)      SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE                    (02 unidades)                     R$ 920.000,00
68)      SÃO MIGUEL DO GOSTOSO                   (01 unidade)                       R$ 512.000,00
69)      SÃO PAULO DO POTENGI                       (02 unidades)                     R$ 816.000,00
70)      SÃO RAFAEL                                             (01 unidade)                       R$ 408.000,00
71)      SÃO TOMÉ                                                (01 unidade)                       R$ 408.000,00
72)      SÃO VICENTE                                           (01 unidade)                       R$ 512.000,00
73)      SENADOR GEORGINO AVELINO              (02 unidades)                     R$ 816.000,0
74)      SERRINHA                                                  (02 unidades)                    R$ 816.000,00
75)      SERRINHA DOS PINTOS                          (02 unidades)                    R$ 816.000,00
76)      SÍTIO NOVO                                             (01 unidade)                      R$ 408.000,00
77)      TABOLEIRO GRANDE                              (01 unidade)                       R$ 408.000,00
78)      TA I P U                                                     (01 unidade)                       R$408.000,00
79)      TA N G A R Á                                          (03 unidade3)                    R$ 1.224.000,00
80)      TENENTE ANANIAS                                  (01 unidade)                       R$ 408.000,00
81)      TENENTE LAURENTINO CRUZ             (03 unidade3)                    R$ 1.224.000,00
82)      UMARIZAL                                                (01 unidade)                       R$ 408.000,00
83)      U PA N E M A                                             (02 unidades)                     R$ 816.000,00
84)      VENHA-VER                                            (03 unidade3)                    R$ 1.224.000,00
85)      VILA FLOR                                                 (01 unidade)                       R$ 408.000,00
Tribuna do Norte

SESAP REALIZA CAPACITAÇÃO EM VIGILÂNCIA SANITÁRIA

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio da Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (Suvisa), vem realizando cursos de ações básicas em vigilância sanitária (VISA), nas Unidades Regionais de Saúde Pública (Ursap’s) do Rio Grande do Norte. Direcionado aos técnicos das visas municipais, o curso já foi oferecido para 190 participantes.
O objetivo é capacitar os profissionais com conhecimentos, habilidades e procedimentos que lhes permitam operacionalizar crítica e analiticamente as ações básicas de vigilância sanitária em seus municípios. Organizado em dois módulos, o curso tem uma carga horária de 28 horas.
Até o momento, a capacitação já foi realizada na Grande Natal e nas I, IV e VI Ursap’s, sediadas, respectivamente, em São José de Mipibu, Caicó e Pau dos Ferros. O próximo curso ocorrerá entre os dias 29 de julho e 01 de agosto, nas III e V Ursap’s, com sedes em João Câmara e Santa Cruz, reunindo 150 participantes.
SESAP

CIDADES POTIGUARES NO MAIS MÉDICOS DEVEM ASSINAR ADESÃO ATÉ 25 DE JULHO

As 58 cidades do Rio Grande do Norte inclusas na lista do programa Mais Médicos terão até o dia 25 de julho para aderir ao projeto, que teve a portaria publicada na última pelo governo federal na última quarta-feira (10). As inscrições foram iniciadas na terça-feira (9) após publicação do edital de convocação. Os municípios que preencherem os pré-requisitos estabelecidos pelo Mais Médicos deverão manifestar interesse de participação e celebrar termo de adesão e compromisso. Por meio do sistema do programa, os gestores municipais devem informar a quantidade de médicos necessária na cidade.
O presidente da Federação dos Municípios do RN (Femurn), Benes Leocádio, recomenda que os municípios façam a adesão o quanto antes. "Com base nessa adesão é que o governo abrirá o edital para os profissionais se candidatarem a trabalhar nas cidades", avisa. Para Leocádio, a grande vantagem do Mais Médicos é que a contratação dos profissionais ficará a cargo do governo federal, desafogando as contas das cidades.
 De acordo com o presidente da Femurn, os municípios contratam por meio da estratégia de Saúde da Família, do Ministério da Saúde, na qual para convocar profissionais as cidades assumem responsabilidades como de contrato, concurso, pagamento e obrigação previdência. "São recebidos entre R$ 9 mil e R$ 10 mil para manter a equipe multiprofissional, mas o investimento acaba sendo de R$ 15 mil a R$ 20 mil. O orçamento é extrapolado", ressalta.
Na avaliação de Leocádio, a lista divulgada pelo Ministério da Saúde atende os municípios mais carentes e necessitados do estado. "São exatamente os que estão precisando, que não conseguiram seguir o leilão de quem paga mais pelos profissionais. Ao mesmo tempo, há uma certa omissão com os demais", analisa o presidente da Femurn, se referindo ao fato de que muitas cidades já pagam salários superiores aos R$ 10 mil oferecido aos médicos habilitados a participar do Mais Médicos.
Prefeito de Lajes, município a 125 quilômetros de Natal, Benes Leocádio conta que na sua cidade, por exemplo, os profissionais recebem R$ 11 mil para trabalhar de três a quatro vezes na semana. Por ser considerada uma das regiões prioritárias, o Nordeste terá os municípios oferecendo 14 salários por ano aos profissionais. Além do salário mensal de R$ 10 mil, serão pagos mais R$ 20 mil como forma de incentivo para a vinda dos médicos. "Esperamos que resolva o problema da falta de profissionais. Não há como se fazer saúde sem ter o profissional médico. Sabemos das deficiências de estrutura, nem vamos imaginar hospitais de primeiro mundo em cada cidade do interior, mas só o fato de ter profissional já dá certa tranquilidade", explica Leocádio.
Os 58 municípios potiguares priorizados no programa Mais Médicos são: Afonso Bezerra, Água Nova, Alexandria, Antônio Martins, Arês, Augusto Severo, Bodó, Bom Jesus, Caiçara do Rio do Vento, Campo Redondo, Canguaretama, Caraúbas, Ceará-Mirim, Cerro Corá, Coronel Ezequiel, Doutor Severiano, Espírito Santo, Fernando Pedroza, Frutuoso Gomes, Galinhos, Ielmo Marinho, Jandaíra, Jardim de Angicos, João Dias, Lagoa d'Anta, Lagoa de Pedras, Lagoa Nova, Lagoa Salgada, Lajes Pintadas, Macaíba, Marcelino Vieira, Martins, Monte Alegre, Natal Nova Cruz, Olho-d'Água do Borges, Parazinho, Passa e Fica, Patu, Pedro Avelino, Pedro Velho, Portalegre, Porto do Mangue, Pureza, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Riachuelo, Rio do Fogo, Santo Antônio, São José do Campestre, São Miguel, São Tomé, Serra de São Bento, Serrinha, Tangará, Tenente Laurentino Cruz, Touros e Upanema.
BRASILEIROS TERÃO PRIORIDADE
O Ministério da Saúde afirma que será aceita a participação de médicos formados no Brasil, que terão prioridade no preenchimento das vagas, e também a de graduados em outros países, com preferência para brasileiros. Os estrangeiros só ocuparão as vagas remanescentes após a escolha destes dois grupos, segundo o órgão ministerial. “Não vai haver disputa de mercado entre médicos brasileiros e estrangeiros. A abertura de novas vagas vai aquecer o mercado brasileiro para os médicos”, esclareceu o ministro Alexandre Padilha.
No caso dos médicos formados no exterior, só poderão participar aqueles oriundos de faculdades de Medicina com tempo de formação equivalente ao brasileiro, com conhecimentos em Língua Portuguesa, detentores de autorização para livre exercício da Medicina em seu país de origem e vindos de países onde a proporção de médicos para cada grupo de mil habitantes é superior à brasileira, hoje de 1,8 médicos/1 mil habitantes.
Confira o calendário do Ministério da Saúde
9 de julho: Publicação do Edital de convocação dos municípios
25 de julho às 14h: Fim das inscrições dos municípios
26 de julho às 8h: Divulgação das vagas dos municípios
2 de setembro: Início das atividades dos médicos brasileiros no municípios
18 de setembro: Início das atividades dos médicos estrangeiros nos municípios
G1RN

ROSALBA: A APROVAÇÃO DO EMPRÉSTIMO FOI UMA VITÓRIA DO RN

“Fruto de um bom projeto e da capacidade de endividamento do Rio Grande do Norte”. Foi assim que a governadora Rosalba Ciarlini recebeu a aprovação, pelo plenário do Senado Federal, do pedido de empréstimo de 360 milhões de dólares ao Banco Mundial, para serem aplicados no Projeto RN Sustentável, que tem por meta mudar, em cinco anos, o cenário socioeconômico do Rio Grande do Norte. Outros 180 milhões de dólares, que é a segunda parte do RN Sustentável, também já foram aprovados pelo Banco Mundial, totalizando 540 milhões de dólares.
No início da tarde dessa quarta-feira, a Comissão de Assuntos Econômicos aprovou o relatório do senador Jaime Campos (DEM-MT) pela concessão do empréstimo. Agora à noite o plenário do Senado deu ponto final. A governadora acompanhou a votação no plenário.
Ao votar pela aprovação do empréstimo, o relator enalteceu a capacidade de endividamento do RN, classificado como Porte B. “Além do RN”, disse o relator Jaime Campos, “só cinco Estados estão classificados como Porte B.” A governadora disse que, “com o ajuste fiscal que fizemos, o Estado, que tinha uma dívida superior a R$ 1 bilhão, tem hoje uma dívida em torno de R$ 500 milhões.”
Segundo a governadora, a luta pela aprovação do empréstimo ao Banco Mundial começou logo que assumiu o Governo, “quando iniciamos um rigoroso ajuste fiscal para que o Estado tivesse condições de obter esse empréstimo.” Aliado ao ajuste fiscal, disse Rosalba, “apresentamos ao Banco Mundial um projeto, que recebeu elogios do próprio banco.”
Os investimentos contratados ao Banco Mundial, disse a governadora, “irão incentivar projetos sustentáveis de inclusão produtiva, em sintonia com o programa do Governo Federal de erradicar a miséria absoluta; de melhoria dos serviços de educação, saúde e segurança; e de modernização do processo de gestão pública.”
Rosalba disse que “o foco do projeto é o desenvolvimento sustentável. Vamos alavancar o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. Mas para isso, iremos contar com a participação de todos os municípios e a sociedade de um modo geral.”
Assecom-RN

10/07/2013

PROGRAMA TRILHAS POTIGUARES REALIZA ATIVIDADES EM SÃO TOMÉ

A Pró-Reitoria de Extensão da UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, através do Programa Trilhas Potiguares está realizando desde a segunda-feira, 08 de junho, no município de São Tomé, na região Potengi, distante aproximadamente 110 km de Natal, uma série de atividades educativas, cursos, palestras e atividades físicas, em parceria com as Secretarias Municipais.
O Programa possibilita a interação dos acadêmicos com a população dos municípios selecionados pela instituição de ensino superior, promove a aplicação do saber instituído no recinto escolar, a partir do contato com a comunidade externa e visa levar até as cidades interioranas a construção solidaria do saber, favorecendo o desenvolvimento sustentável e social das localidades onde o programa atua.
Profissionais das Secretarias de Agricultura, Cultura, Educação e Saúde estão apoiando e incentivando a realização de inúmeras atividades socioeducativas no município, visto que tais tarefas favorecem a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos são-tomeenses, valoriza a cultura do povo e ampliam as formas de aquisição do conhecimento cientifico.
Diversas ações estão sendo realizadas nas instituições públicas de São Tomé, como: mostra de profissões; orientação sexual; capacitação para Agentes Comunitários de Saúde; curso sobre saúde bucal; palestra sobre: 3Rs (reciclar, reutilizar e reduzir); os efeitos dos agrotóxicos para a saúde humana e meio ambiente; importância da alimentação e atividades físicas.
Para o prefeito Gutemberg Pereira da Rocha (PMDB), o programa envolvendo ensino, pesquisa e extensão universitária, motiva os munícipes a participar das tarefas propostas pelo o grupo de acadêmicos e valoriza o potencial cultural de nossa terra. “Através das Trilhas Potiguares, podemos destacar as peculiaridades socioculturais”, afirmou o gestor.










PREFEITO DE SÃO TOMÉ PARTICIPA DA VOZ DO BRASIL

Confira a Transcrições da Matéria e clique aqui para ouça o gestor.
As prefeituras de todo o país já podem se inscrever no Programa Mais Médicos. O edital, lançado hoje, prevê a ampliação da capacidade de atendimento nos municípios do interior e também nas periferias das grandes cidades.
A iniciativa foi apresentada aos gestores municipais que participam, em Brasília, da 16ª Marcha dos Prefeitos. O evento começou hoje e vai até quinta-feira.
Um dia depois do lançamento do Programa Mais Médicos, os gestores municipais, que estão em Brasília, na 16ª Marcha dos Prefeitos, avaliaram a proposta como positiva. É o que defende o prefeito de São Tomé, no Rio Grande do Norte, Gutemberg da Rocha.
 - Prefeito de São Tomé - Gutemberg da Rocha: Hoje, em São Tomé, por exemplo, nós pagamos R$ 13 mil e temos dificuldade desses médicos passarem cinco dias no nosso município, e, por isso, esse programa, eu acredito que vai realmente ajudar.
Outra região em que a oferta de médicos é pequena é no Norte do país, e é por isso que o prefeito de Benevides, no Pará, Ronie Silva, já sabe o que precisa para atender bem à população.
 - Prefeito de Benevides - Ronie Silva: A população nossa de Benevides é de 52 mil habitantes. Nós temos, hoje, no nosso município, 28 médicos trabalhando no município, incluindo médicos que foram aprovados no Provab, que ajudam e que vêm incorporando lá ao nosso município. A nossa necessidade de hoje seria de pelo menos 35 médicos para totalizar lá o atendimento à população.
Para detalhar o Programa Mais Médicos, tanto o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, quanto o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, foram até a Marcha dos Prefeitos. Eles defenderam que o país precisa aumentar a quantidade de profissionais no país, que hoje é de 1,8 médicos para mil habitantes. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse, na Marcha dos Prefeitos, que o programa já foi debatido no Congresso Nacional antes do lançamento e que o Parlamento é o local adequado para novas propostas que venham aprimorar a ideia. Padilha lembrou que nesta terça-feira foi aberto o edital para a adesão dos médicos e que os municípios interessados precisam aderir ao programa até 25 de julho.
- Alexandre Padilha: Nós vamos, em primeiro lugar, saber quantos municípios vão participar, quantas unidades de saúde já estão preparadas precisando de vagas; a partir desse dado é que nós vamos estabelecer metas de preenchimento.
A medida provisória que cria o Programa Mais Médicos foi enviada hoje ao Congresso Nacional. Os parlamentares têm 120 dias para aprovar a MP, senão ela perde a validade. Mais informações sobre o edital do programa no Diário Oficial desta terça-feira, no endereço www.in.gov.br. De Brasília, Paulo La Salvia.
E, até o fim do mês, vão ser selecionados projetos nas áreas de vigilância, prevenção e controle de doenças, como as sexualmente transmissíveis, tuberculose, dengue, hanseníase e malária.
O edital do Ministério da Saúde é inédito e o apoio para as organizações da sociedade civil pode chegar a R$ 500 mil.
EBC Serviços